Boris Johnson deixa hospital após ser internado com o novo coronavírus

O primeiro-ministro britânico estava há uma semana internado em um hospital de Londres, na Inglaterra

O primeiro-ministro britânico Boris Johnson deixou, neste domingo (12), o hospital londrino onde estava internado há uma semana após ter sido infectado com o novo coronavírus, anunciou Downing Street.

"O primeiro-ministro foi liberado do hospital para continuar sua recuperação em Chequers", sua residência no noroeste de Londres, disse Downing Street em comunicado, acrescentando que ele "não retomará imediatamente o trabalho, sob orientação de sua equipe médica".

 

Boris Johnson, de 55 anos, é o único líder de uma grande potência infectado pelo coronavírus, que matou quase 10.000 pessoas no Reino Unido. Ele foi internado no hospital no domingo passado (5) e um dia depois transferido para a unidade de terapia intensiva, onde permaneceu até quinta-feira (9). 

O chefe da diplomacia, Dominic Raab, ficou encarregado do governo britânico em sua ausência.

Boris Johnson fez sua primeira declaração pública, na manhã deste domingo, desde sua hospitalização.

"Nunca agradecerei o suficiente" à equipe do sistema público de saúde britânico (NHS), "devo a eles minha vida", disse Johnson.

Nesta semana, o governo britânico deve decidir formalmente se prolongará o confinamento de três semanasque começou em 23 de março.

Fonte, DN

Comentários