Guto elogia jogadores do Ceará após vitória contra o Flamengo

Treinador chama elenco de "cascudo" e vê qualidade e muita aplicação tática em vitória no Maracanã

O Ceará conquistou uma vitória gigante de 2 a 0 contra o Flamengo no Maracanã, pela 29ª rodada da Série A do Brasileiro com grande atuação tática dos jogadores. E o técnico Guto Ferreira mostrou-se extremamente satisfeito com a atuação alvinegra, a classificando de estupenda, não deixando de elogiar seus comandados.

Confira a classificação da Série A

Guto chamou seu grupo de jogadores de "cascudos" e elogiou a aplicação tática deles diante do Flamengo.

"Desde o início tomamos conta do jogo pelo espaço cedido pelo Flamengo. Ditamos o ritmo, fizemos o gol cedo e mantivemos o controle do jogo. Só não mantivemos o controle do jogo depois dos 25 minutos pelo desgaste dos atacantes. Mas nosso time todo foi competitivo, cascudo. A zaga toda foi estupenda, principalmente os dois zagueiros, e os laterais. Nossa equipe foi muito sólida com o trabalho dos volantes no meio. Eles nos pressionaram no 2º tempo, mas com as mudanças nos estruturamos de vez e marcamos o segundo gol. Foi um time de muita aplicação tática, de uma equipe extremamente competitiva. Graças a entrega deles, a determinação do grupo dentro de campo saímos com a vitória".

Sobre a reação da equipe após perder para o Inter em casa e vencer o Flamengo em seguida no Maracanã, Guto voltou a elogiar o grupo.
"Temos jogadores muito maduros, lideranças positivas. Mesmo aqueles que não jogaram, como o Prass e o Ricardinho, trouxeram experiência no vestiário, no intervalo. Isso soma muito, ajuda. Eles têm uma liderança, fomentam ideias entre eles, fortalecem nas mentes dos jogadores. Não só as ideias que eu coloco são colocadas em prática. Quanto ao que eu digo, eles buscam fazer à risca e o todo é maior que o eu. Lógico que um ou outro vai se destacar, mas puxando os outros".

Metas

Quanto as possibilidades de vaga na Libertadores, pela pontuação alta do Vovô, em 9º com 36 pontos restando 9 rodadas, Guto preferiu um passo de cada vez.

"Não adiante já ir olhando lá na frente. Temos sonhos sim, mas foco em estarmos próximos de conseguir a manutenção. Faltam 5 ou 6 pontos em 9 jogos. Quando conseguirmos, começaremos a pensar na Sul-Americana. Se conquistarmos mais resultados como conseguimos contra o Flamengo, podemos conseguir algo maior. O mais importante é se sustentar primeiro na manutenção, depois a Sul-Americana e o que vier depois é cereja no bolo".

Em 9º com 36 pontos e próximo do G-8, o Ceará volta a jogar pela Série A no domingo, 17, no Castelão às 20h30 contra o Bragantino.

 

Fonte, DN

Comentários