Acordo para capacitação de detentos é firmado entre Governo e Fiesp

Acordo de cooperação técnica oferece capacitação profissional a detentos

Um acordo de cooperação técnica para oferecer capacitação profissional a detentos e para egressos do sistema penitenciário foi assinado pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf nessa segunda-feira (14). Através do acordo, a capacitação será feita pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai).

O acordo também prevê a troca de informações sobre crimes cibernéticos e o combate ao roubo de cargas. A ideia é que o projeto comece a funcionar no próximo ano, de acordo com o presidente da Fiesp. Segundo Moro, uma ideia é construir algum modelo em que o setor privado possa colaborar com recursos financeiros e humanos e o setor público com orientação para otimizar pesquisas para prevenir crimes cibernéticos.

De acordo com o presidente da Fiesp, o acordo de cooperação prevê a formação profissional dos egressos do sistema penitenciário, que já cumpriram pena, e também a formação dentro dos presídios para que haja possibilidade, uma vez cumprida a pena, do egresso ter trabalho e uma profissão. Segundo Skaf, uma pesquisa feita pela entidade apontou que entre 70% e 80% das pessoas que cumpriram pena e saem dos presídios acabam voltando para o crime quando não tem uma profissão ou trabalho.

*(Com informações da Agência Brasil)

Comentários