Recife: homem perde a visão de um olho após ser atingido por bala de borracha em protesto

De acordo com a filha da vítima, Daniel Campelo não fazia parte do ato. Ele continua hospitalizado

O autônomo Daniel Campelo, 51, perdeu a visão do olho esquerdo ao ser atingido por uma bala de borracha durante as manifestações contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), nesse último sábado, 29, no Recife. A vítima não estava envolvida no protesto e foi encaminhada ao Hospital da Restauração (HR).

Morador do bairro dos Torrões, na Zona Oeste da cidade, Daniel trabalhava adesivando táxis e estava no centro do Recife para comprar material. De acordo com a filha de Daniel, Daniela de Sena, 28, o pai não acompanhava a situação política e estava por acaso no ato. "Nem sabia que tinha protesto por lá. Mas acabou sendo vítima dessa tragédia", disse em entrevista à Folha de São Paulo.

Segundo informações de organizadores, a manifestação ocorria de forma pacífica e com distanciamento social entre os participantes. Entretanto, a Polícia Militar de Pernambuco encerrou o protesto com bombas de gás lacrimogênio e tiros de bala de borracha.

Por meio de nota divulgada neste domingo, 30, o governo de Pernambuco afirmou que a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH) acompanhará a assistência médica de Daniel. A Procuradoria Geral do Estado também foi acionada para iniciar o processo de indenização. O governador Paulo Câmara (PSDB) informou em vídeo que determinou a imediata apuração de responsabilidades em relação à violência denunciada. 

Daniel segue hospitalizado e passa por procedimentos clínicos enquanto os familiares buscam por assessoria jurídica. Na web, usuários divulgam links de doação para os custos. Interessados em contribuir podem transferir dinheiro por meio do PIX da filha, Evelyn Maria: 70951990438.

Fonte, OPovo.com

Comentários