12 de julho de 2018 às 02:30

Como fazer amigos depois dos 30 anos?

Por que é tão difícil fazer amigos depois dos 30?", questiona o título de um famoso artigo de Alex Williams, repórter de estilo do New York Times, publicado em 2012. O texto continua sendo republicado porque, segundo o jornal, é atemporal.

Por que é tão difícil fazer amigos depois dos 30?", questiona o título de um famoso artigo de Alex Williams, repórter de estilo do New York Times, publicado em 2012. O texto continua sendo republicado porque, segundo o jornal, é atemporal.

Afinal, fazer amigos depois dos 30 ou 40 continua sendo difícil. Nessa faixa, muita gente nova aparece na vida, seja no trabalho, nas redes sociais, por meio dos filhos, mas os amigos de verdade, para quem você pode ligar em uma crise, são mais raros.

A professora de psicologia de Stanford Laura Carstensen afirma que uma espécie de alarme nos lembra que é hora de explorar menos e se concentrar mais nos laços já construídos.

Mas, quando as condições mudam â?”por exemplo, em caso de divórcioâ?”, fica mais difícil reunir as três condições que os sociólogos consideram cruciais para fazer amigos: proximidade, interações repetidas e não planejadas e um cenário que estimule as pessoas a baixarem suas guardas. É por isso que muitos fazem amigos na universidade.

No trabalho, o ambiente costuma ser embebido de competitividade. Diferenças de renda também entram em jogo na vida adulta e complicam as coisas. Quando as pessoas começam a viver em casais, os desafios aumentam --é preciso que os parceiros também sejam queridos.

Além disso, após os 30 ficamos mais exigentes.

Uma saída é, justamente, diminuir as expectativas. Um novo amigo não precisa ser sua alma gêmea, e você pode ter diferentes amigos para diferentes ocasiões e necessidades --um para correr junto, outro com quem dividir questões sobre filhos. Concentre-se no que vocês têm em comum. Novas atividades, como aulas, podem ajudar os encontros, aliás.

Amizades em geral não são descobertas, mas, sim, nutridas. OK, temos menos tempo do que na época da faculdade ao equilibrar trabalho, parceiro e filhos, mas a consistência é chave. Ache tempo e espaço, tome a iniciativa, faça planos, convide para jantares e outros tipos de atividade até descobrir que tipo de amigos você e seu novo amigo são.

Fonte: FOLHA

comentários

Estúdio Ao Vivo