17 de maio de 2018 às 02:00

Na Venezuela, Corinthians busca as oitavas da Libertadores

O Corinthians entra em campo nesta quinta-feira (17), diante do Deportivo Lara, na Venezuela, podendo garantir sua vaga nas oitavas de final da Libertadores.

O Corinthians entra em campo nesta quinta-feira (17), diante do Deportivo Lara, na Venezuela, podendo garantir sua vaga nas oitavas de final da Libertadores.

Em caso de vitória, a equipe alvinegra confirma a classificação, restando somente uma rodada da fase de grupos da competição. Se perder e houver vencedor no confronto entre Millonarios (COL) e Independiente (ARG), pode ir para o último jogo, contra os colombianos, em Itaquera, fora da zona de classificação à próxima fase.

Para o duelo contra os venezuelanos, o técnico Fábio Carille deverá repetir a escalação que bateu o Palmeiras no clássico do último domingo (13), por 1 a 0, pelo Campeonato Brasileiro.

Nem o desgaste pela viagem de pouco mais de dez horas até a Venezuela mudará os planos do treinador.

“Não me preocupa pelo jogo ser na quinta. Se fosse na quarta, teríamos que viajar na segunda, um dia a menos [de preparação]. Vamos chegar muito bem para o jogo de amanhã (17)”, disse o treinador ao site Globoesporte.com após o treino desta quarta-feira (16).

Considerado azarão do grupo, o Deportivo Lara já bateu em casa Independiente e Millonarios, as duas vitórias que somou até aqui no torneio.

Diante dos bons resultados do adversário jogando sob seus domínios, Carille espera dificuldades.
“[Na Arena] Eles já subiram a marcação e tentaram marcar pressão. As equipes que vieram aqui sofreram um pouco, principalmente aquelas que tentaram sair jogando”, afirmou o técnico.

O retrospecto  do Corinthians na Venezuela é favorável à equipe paulista: em oito jogos, soma sete vitórias e apenas um empate. A igualdade veio justamente na campanha da Libertadores da qual o torcedor corintiano tem a sua melhor lembrança. 

Em 2012, na caminhada para o título continental, a equipe fez sua estreia em solo venezuelano, contra o Deportivo Táchira. O Corinthians perdia até o último lance, quando Ralf aproveitou cruzamento e cabeceou para empatar a partida em 1 a 1, aos 49 minutos da etapa final. 

O volante, que também integra o elenco atualmente, se recupera de uma lesão no ombro esquerdo e só estará à disposição de Carille após a Copa do Mundo. Além de Ralf, Emerson Sheik e Danilo também estavam no time campeão de 2012. O atacante, porém, está suspenso por conta da expulsão na 
derrota em casa para o Independiente, por 2 a 1. 

Já Danilo não foi relacionado por opção da comissão técnica alvinegra.

DEPORTIVO LARA
CORINTHIANS
21h30, Metropolitano de Lara
Na TV: SporTV
 

Fonte: FOLHA

comentários

Estúdio Ao Vivo