14 de junho de 2018 às 02:00

Natureza do Piauí é tema de fotolivro e exposição

O Parque Nacional da Serra das Confusões, no sudoeste do Piauí, guarda uma das maiores reservas de caatinga no país. No outro lado do estado, o rio Parnaíba forma o único delta em mar aberto do Brasil.

O Parque Nacional da Serra das Confusões, no sudoeste do Piauí, guarda uma das maiores reservas de caatinga no país. No outro lado do estado, o rio Parnaíba forma o único delta em mar aberto do Brasil.

Essas são algumas das paisagens presentes em "Piauí - Sertão Rio Mar" (160 págs., R$ 150), primeiro fotolivro do fotógrafo Valdeci Ribeiro, 58.

A obra reúne 135 imagens, resultado de cinco anos de incursões de Valdeci no estado.

Há capítulos dedicados, por exemplo, aos parques da Serra da Capivara e de Sete Cidades e ao cânion do rio Poti.

A ideia do livro, diz o fotógrafo, é incentivar o turismo no Piauí que, no geral, ainda tem infraestrutura precária. "O ideal seria desenvolver visitas conscientes, que respeitem a natureza", diz.

Ele ressalta, por exemplo, a boa estrutura turística do Parque Nacional da Serra da Capivara, que guarda uma das maiores reservas de pinturas rupestres do país. Em 1991, foi declarado patrimônio cultural pela Unesco.

Porém, a impressão é de que o parque não chega aos turistas em potencial. Um exemplo que Valdeci cita é o aeroporto de São Raimundo Nonato, na entrada do parque, que ainda não começou a operar voos comerciais de outros estados.

A dica dele é esticar o passeio ao parque com uma visita à serra das Confusões, que ganhou o selo de área de proteção em 1998. Assim, a paisagem não sofreu grandes interferências humanas.

A lenda é que a serra ganhou esse nome pelos comerciantes que passavam na região e se perdiam em meio às pedras, que mudam de cor conforme a incidência da luz solar. Lá, ele recomenda visitar pelo menos a gruta do Riacho do Boi. É possível percorrer pelo menos um quilômetro dentro da fenda, que tem aberturas no teto causadas pela erosão.

Valdeci começou a estudar a fotografia há nove anos, e também trabalha como médico em Teresina. O livro é publicado pelo Sesi-SP, tem apoio das secretarias de Turismo e de Cultura do Piauí e deve ganhar uma segunda parte em breve.

As fotos do livro estão expostas até 5 de julho na galeria Rabieh (alameda Gabriel Monteiro da Silva, 147, em São Paulo). A entrada é gratuita.

Fonte: FOLHA

comentários

Estúdio Ao Vivo