15 de abril de 2018 às 02:00

Volkswagen Tiguan fica maior e oferece opção com sete lugares

A segunda geração do Volkswagen Tiguan chega às lojas em maio, com um lote inicial de 500 unidades e preços entre R$ 124,9 mil e R$ 180 mil. Há versões com cinco ou sete lugares.

LEANDRO ALVAREZ
SÃO PAULO

A segunda geração do Volkswagen Tiguan chega às lojas em maio, com um lote inicial de 500 unidades e preços entre R$ 124,9 mil e R$ 180 mil. Há versões com cinco ou sete lugares.

"Esse é o primeiro dos cinco SUVs que lançaremos no Brasil até 2020 para sermos expressivos no segmento em que, hoje, temos menos de 3% das vendas", diz o presidente da Volkswagen na América do Sul, Pablo Di Si.

Com 4,70 m de comprimento, o novo Tiguan é 27,4 cm maior que seu antecessor.

Das três versões disponíveis, duas têm motor 1.4 turbo flex (150 cv). O câmbio é automático de seis marchas, com dupla embreagem.

A 2.0 R-Line (220 cv) tem tração integral e utiliza a mesma mecânica do Golf GTi.

O espaço é bom até a segunda fileira de bancos. A terceira é de difícil acesso e apertada. Com os assentos extras rebatidos, o porta-malas comporta 686 litros de bagagens, 240 litros a mais que o antigo. Todas as versões têm seis airbags, controles de estabilidade e central multimídia com tela sensível ao toque.

Fonte: FOLHA

comentários

Estúdio Ao Vivo